CNTur e SEBRAE realizarão nova edição do projeto “Fortalecimento da Gestão das Micro e Pequenas Empresas do Turismo Brasileiro”


A CNTur – Confederação Nacional do Turismo e o SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas realizarão este ano a segunda edição do projeto que foi um sucesso em 2012: “Fortalecimento da Gestão das Micro e Pequenas Empresas do Turismo Brasileiro”.

O projeto, parceria entre CNTur e SEBRAE, será realizado simultaneamente em 22 estados brasileiros e o Distrito Federal com ações de capacitação em gestão e oferecendo aprimoramento, qualificação na prestação de serviços e, consequentemente, a satisfação dos consumidores.

O projeto tem como objetivos aprimorar a gestão das micro e pequenas empresas do turismo para prestar serviços eficientes e de qualidade aos clientes, e com isso elevar a sua competitividade e sustentabilidade, através de ações como: Sensibilização e Adesão do Público Alvo; Acesso a Mercado; Capacitação Empresarial; e Inovação e Acesso à Tecnologia e Sustentabilidade. O público alvo é composto por cerca de 1.200 empresas de micro e pequeno porte do setor de turismo, inicialmente nos segmentos de meios de hospedagem, da alimentação fora do lar e de entretenimento, localizadas nas 27 Unidades Federativas brasileiras.

O projeto tem como objetivos aprimorar a gestão das micro e pequenas empresas do turismo para prestar serviços eficientes e de qualidade aos clientes, e com isso elevar a sua competitividade e sustentabilidade, através de ações como: Sensibilização e Adesão do Público Alvo; Acesso a Mercado; Capacitação Empresarial; e Inovação e Acesso à Tecnologia e Sustentabilidade. O público alvo é composto por cerca de 1.200 empresas de micro e pequeno porte do setor de turismo, inicialmente nos segmentos de meios de hospedagem, da alimentação fora do lar e de entretenimento, localizadas nas 27 Unidades Federativas brasileiras.

Com isso, pretende-se atingir os seguintes resultados, em média: ampliar em 10% o faturamento anual durante o período de execução do projeto; ampliar em 5% (cinco por cento) o quadro anual de pessoal empregado durante o período de execução do projeto; atingir pelo menos 85% de grau de satisfação “bom e ótimo” no que diz respeito às soluções utilizadas na capacitação empresarial; atingir pelo menos 85% no grau de aplicabilidade das soluções utilizadas no cotidiano das empresas.

Departamento de Comunicação CNTur


 
  Notícias CNTur

Confederação Nacional do Turismo e Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de São Paulo inauguram sede em Bragança Paulista.
Leia mais

O presidente da FENACTUR e vice-presidente da CNTur, Michel Tuma Ness, questiona o futuro dos agentes de viagens e a desunião entre as entidades de turismo no Brasil Leia mais

  Siga nossas notícias no Facebook

Embratur comemora
gastos de estrangeiros
no País em 2013

O Banco Central anunciou que turistas estrangeiros deixaram US$ 6,709 bilhões na economia brasileira no
ano passado...
Saiba mais

Embratur lança Brasil Home
Foi lançada em 20 de janeiro uma nova plataforma digital para demonstrar ao turista estrangeiro todas as experiências que ele pode viver ao visitar o Brasil...
Saiba mais

Turismo lança campanha contra a exploração sexual de crianças
O Ministério do Turismo (MTur) inicia o ano com a distribuição de 150 mil peças de material publicitário para a campanha “Proteja – não desvie o olhar
Saiba mais

Não esqueça: dia 31 de Janeiro é dia de recolher a
contribuição sindical ao seu sindicato


Até o dia 31 de janeiro, os empresários do setor deverão recolher a contribuição sindical patronal das empresas da base do nosso sindicato.

As instruções para o cálculo e o pagamento da Contribuição Sindical Patronal deve ser pesquisada no site do sindicato patronal da sua localidade, na gui ade pagamento que sua empesa ou seu contador já receberam, ou pesquisada diretamente nos telefones de seu sindicato.

Por que pagar a contribuição sindical?
É importante que a empresa faça o correto recolhimento da contribuição sindical, pois desta forma estará possibilitando que seu sindicato siga buscando melhorias para o setor e benefícios para sua empresa. Ou seja, os beneficiários deste tributo são as próprias empresas da categoria, através de ações da sua entidade patronal


leia sobre leia sobre leia sobre clique aqui e saiba mais